terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

O MUNDO GIRA E MINHAS TEORIAS SE CONFIRMAM ...

QUANDO NOS PROPOMOS A REALIZAR ALGO INCRÍVEL, DESAFIADOR, TEMOS QUE ESTAR ALI DE CORPO E ALMA, ISSO É REAL, NÃO ADIANTA MENTIR PRA SI NEM PROS OUTROS. NÃO ADIANTA FINGIR, A VERDADE FICA ESTAMPADA NO TEU ROSTO. O QUE VOU FALAR AGORA É SÓ PORQUE EU PERCEBI QUE SUPEREI ALGUMAS METAS E ALCANÇEI UM SONHO MAS NÃO FIZ ISSO EM VÃO, FIZ COM MINHA ALMA, FIZ POR ALGUEM, FIZ DE CORAÇÃO! E AGORA, ATÉ AGRADEÇO TER LIDO O QUE LI E SABIDO O QUE SOUBE, ME DEU MAIS INCENTIVO E ME MOSTROU O QUANTO AINDA POSSO ME SUPERAR! ISSO PORQUE NEM TIVE PATROCÍNEO!

A ALGUM TEMPO ATRAS TIVE UM DESENTENDIMETO REAL E VIRTUAL COM UMA PESSOA QUE ORGANIZAVA UNS EVENTOS AQUI EM BRASILIA. NÃO CITAREI NOMES PARA ENVITAR MAIS TITITI ...MAS ENFIM, ESTA DITA PESSOA, TIROU UMA ONDA DANADA PORQUE RECLAMEI DA ORGANIZAÇÃO DE UM CERTO EVENTO E METI O PAU MESMO.
DAÍ ELA ME OFENDEU COM PALAVRÕES, FOFOCOU AOS MONTES, ME AMEAÇOU E NÃO DUVIDO NADA ANDOU FALANDO MAL DE MIM E CITANDO MEU NOME DE MANEIRA CHULA POR AÍ.

ESSA DITA CUJA PARTICIPOU DE UM EVENTO ESPORTIVO RECENTEMENTE PATROCINADA DURANTE MESES POR UM CANAL DE TV, ELA FOI TREINADA PARA TER EXITO NA PROVA OU PELO MENOS COMPLETAR O PERCURSO. E REALMENTE ELA COMPLETOU , MAS DE QUE MANEIRA? SEM ALMA!

FUI VER SEU RESULTADO POIS PARTICIPEI DO MESMO EVENTO ESPORTIVO E FIQUEI CURIOSA (PENSEI QUE ELA TINHA AMADURECIDO, SERIA LEGAL,  AFINAL NÃO É PRA QUALQUER UM TER A MIDIA EM CIMA DE VOCE, TODO AQUELE PATROCÍNIO) MAS ELA CHEGOU EM ULTIMO, PASMEM,  DEPOIS DE MIM!( QUE NÃO TREINEI PRATICAMENTE NADA E QUE NÃO TENHO PATROCÍNIO, MAS DEI MEU SANGUE E CORRI COM GARRA, DIFERENTEMENTE DELA, PELO QUE VI) 

ENTÃO LI UMA CRITICA NUM SITE DE CORRIDAS ONDE A PESSOA QUE ESCREVEU O ARTIGO  DIZIA QUE NAO VIA O BRILHO NOS OLHOS DA TAL "CORREDORA". CLARO, ELA MENTIU PRA SI E PROS OUTROS, NÃO COMPROU O SONHO,  NÃO TEVE MATURIDADE PARA ENCARAR DE CORAÇÃO O DESAFIO, FEZ TUDO PRA ENCHER LINGUIÇA, SE PROMOVER E TIRAR ONDA DE ESTRELA.

ENTÃO MENTIR, QUANDO A GENTE TEM UMA META DE VIDA, UM SONHO, NÃO PRESTA PRA NADA, É PERDER TEMPO, SE ENGANANDO E ENGANANDO QUE ACREDITA EM VC!!

QUANDO DIGO QUE NÃO ME ENGANO SOBRE O CARATER DAS PESSOAS!...
MENTIRA TEM PERNA CURTA, NESSE CASO, LITERALMENTE, COMO DISSERAM EM RESPOSTA À REPORTAGEM.

"Os 10 km da XXX e a alma do corredor

quinta-feira, 02 fevereiro 2012 23:42

“Sair do sedentarismo e se tornar atleta por meio da corrida”. Essa a proposta do quadro XXX, do XXXX, que escolheu XXXXXX, a XXX, de XX anos, para ser a sedentária que se tornaria uma atleta corredora. Segundo o programa, o objetivo foi atingido, mas vocês acham que a XXX realmente abraçou a corrida como esporte? Alguém vê brilho no olhar da XXXquando ela fala do desafio? Melhor dizendo: você experimentaria a corrida de rua depois de ver a XXX bufando para cumprir os 10 km na Corrida de XXX em 1h32?
Sou fã incondicional do XXXMXXX, o treinador que aceitou tirar a XXX do sedentarismo e introduzi-la no mundo da corrida de rua, bem como de sua equipe. Acho também que a XXX é uma moça esforçada e não foi fácil para ela mudar radicalmente o estilo de vida, treinar com sol ou chuva, ir buscando os quilômetros pouco a pouco, e tudo isso com o compromisso de aparecer na TV XXX . Só acho que ela não gosta de corrida, e ponto.

Quando a gente se identifica com um esporte, assim como com qualquer coisa na vida, nossos olhos brilham. Esse brilho no olhar vem do prazer que temos na superação, dos desafios que foram planejados passo a passo e atingidos, dos amigos que fazemos, da evolução que sentimos a cada dia, das dores e das recuperações, da ansiedade antes de uma nova conquista, enfim, de todas as nossas memórias boas e ruins, das nossas histórias de vida no esporte que escolhemos praticar.

A corrida vai se introduzindo pouco a pouco no nosso dia a dia e determinando as nossas escolhas. Nossa família se envolve, nossos amigos e colegas de trabalho muitas vezes se contagiam, nosso ambiente se transforma. Nós nos tornamos transformadores. E esse é o barato da corrida. Frases como a do jornalista Vincent Sobrinho, da Revista Contra-Relógio – “Quando o treino de corrida vai ficando tão prazeroso e os quilômetros vão passando naturalmente… sem o corpo reclamar, e a cabeça diz.. Vamos mais um pouco” – passam a ser plenamente compreendidas.

Dizem que os corredores formam uma tribo de malucos. São doidos por desafios, viciados em quilômetros, focados em estratégias e velocidade, amantes de novas paisagens e caminhos, cuidadosos com seus tênis e medidores, solitários e companheiros, determinados e descontraídos, mas, principalmente, sonhadores pacientes.

Agora, a pergunta que não quer calar: Será que a XXX vai entrar nessa tribo pra valer?"

EU DUVIDO.
POR MOTIVOS OBVIOS VOU MANTER O SIGILO MAS NÃO RESISTI EM POSTAR ALGO AQUI NO MEU BLOG SOBRE O OCORRIDO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBSERVE QUE NÃO SERÁ ADMITIDO EM HIPÓTESE ALGUMA COMENTÁRIOS AGRESSIVOS. EM NENHUM GRAU DE AGRESSÃO. E ISSO É SUBJETIVO POR ISSO EU POSSO ACHAR UMA COISA QUE VOCE NÃO ACHA RUIM, MUITO AGRESSIVA E PORTANTO NÃO POSTAR. TAMBÉM NÃO PODE ANUNCIAR NEM VENDER NEM FAZER PROPAGANDA DE NADA. OBRIGADA!